Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Estrela Solitária (Don't Come Knocking - 2005)- U2/Cinema

Em 2004, Bono e The Edge compuseram uma canção para o longa “Don’t Come Knocking”, do cineasta alemão Wim Wenders. O filme traz no elenco nomes como Sam Shepard e Jéssica Lange. Bono e The Edge interpretaram um "avassalador e romântico" dueto com a linda cantora irlandesa e amiga de ambos, Andrea Corr.
A vocalista declarou ter tido imenso prazer em ter interpretado o dueto para o filme.
Andrea disse que: "The Edge ligou-me e deixou uma mensagem dizendo que ele e Bono tinham escrito uma letra para o filme de Wim Wenders,mas que só depois perceberam que tinham escrito um dueto e que precisavam de mim para a cantar. Fiquei maravilhada e entusiasmada porque sou uma grande fã do trabalho de Wenders. Voei até Amsterdã enquanto o U2 estava em sua turnê, e gravamos a canção antes de um concerto deles. É uma música linda,verdadeiramente romântica e arrasa corações.........''.

"Don't Come Knocking"
Music & Lyrics by Bono and The Edge
Sung by Andrea Corr & Bono
Published by Universal Music Publishing B.V. except Blue Mountain Music Ltd (UK), Mother Music (Irl.)
Produced by T-Bone Burnett (as T Bone Burnett)
Additional Production by The Edge & Jacknife Lee
Tenor Saxophone: Joe Sublett
Trumpet, Trombonium: Darrell Leonard
Keyboards (strings, harmonium): Patrick Warren
Piano: Keefus Ciancia
Drums: Jim Keltner, Carla Azar, Jay Bellerose
Pedal Steel Guitar: Eric Haywood
Bass: Mike Elizondo
T Bone engineering: Mike Piersante
Vocal recordings engineered by Robbie Adams.
Bono appears courtesy of Universal International Music BV - the Island Records Group
Andrea Corr appears courtesy of Atlantic Records UK
------------------------------------------------------
Sinopse:
Howard Spence (Sam Shepard) já teve dias melhores: antes um protagonista dos westerns, agora ele só consegue papéis secundários e leva uma vida autocentrada, afogado em álcool, drogas e jovens mulheres. Até que um dia sua mãe revela que ele tem um filho (ou filha, não se sabe ao certo) desconhecido. Howard vê nisso uma razão para remontar ao passado e, a partir daí, conviver melhor com o presente. No seu caminho estarão um velho caso de amor, um jovem casal, uma estranha e desconhecida garota e até mesmo um "caçador de recompensas" enviado pelo estúdio de cinema que ele abandonou no meio de uma filmagem.
Trailer:

War/No More Trouble ('Playing for Change: Songs Around the World) - Áudio

'Playing For Change' é um documentário realizado por Mark Johnson e Jonathan Walls, que embarcaram numa jornada pelo mundo, com uma câmera e um estúdio de som móvel. Através da música eles uniram as pessoas de diversas nacionalidades e raças.
O projeto consistiu em reunir músicos de rua por todo o mundo. Cantando clássicos da música, o projeto roda o mundo mostrando músicos cantando e tocando a mesma música, mas com seu estilo próprio.
"A ideia, é encontrar uma maneira de inspirar as pessoas de todo o mundo, a unirem-se", explica Johnson." Acabar com o ódio. Mostrar o que nos une. Penso que essa fonte inspiradora, pode ser a música".
"Playing for Change: Songs Around the World," foi lançado em dois formatos: DVD e CD, através das lojas da Starbucks.
A primeira faixa do álbum, é a cover de "Stand By Me", da autoria de Ben E. King, interpretada por 37 músicos, de Holanda, Brasil, e Rússia, entre outros. O vídeo da canção ultrapassou 1 milhão de acessos no You Tube.
A faixa "War/No More Trouble", de autoria de Bob Marley, conta com a participação de Bono.
------------------------------
Vídeo 'War/No More Trouble'

terça-feira, 28 de abril de 2009

Video promocional de 'Magnificent' exclusivo para o site u2.com

No dia 11 de março de 2009 o U2 fez uma apresentação promocional do álbum 'No Line On The Horizon', tocando pela terceira noite no Somerville Theatre, em Boston. Este concerto foi chamado de "U2 3 Nights Live''.
A performance de 'Magnificent' foi gravada por oito câmeras HD por Tom Krueger e editada por Duncan Shepherd no 89 Edit, e foi lançado como vídeo exclusivo do site oficial da banda.
A produção final do vídeo e os efeitos foram feitos em Headlight, Nova Iorque, pelo produtor executivo Steve Holiner.
O U2 tocou para uma platéia de 900 convidados ouvintes de rádios norte americanas, e o vídeo foi gravado na última noite desta série de apresentações, que foi transmitida na rádio pela FMQB Productions.
Logo depois, um vídeo de Breathe desta última noite de apresentação, também foi divulgado na internet.
-----------------------------------------
Vídeo 'Magnificent':
Vídeo 'Breathe':

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Combate Rock: Jam-Session com superbanda nacional regrava canção do U2

Quem explica o pródigo encontro é Dado Villa-Lobos, diretor do selo RockIt! e mentor da superbanda e do disco. "A banda foi formada de bobeira, para tocar no encerramento de um festival anos atrás", diz o ex-guitarrista da Legião. Mais precisamente, tratava-se de uma edição do Skol Rock, evento para revelar bandas iniciantes, em novembro de 1998. Para a final do concurso, reabriu-se a boate Noites Cariocas, no Morro da Urca (RJ) - um dos palcos cruciais para o nascimento da safra 80's do rock nacional, que viu shows da Blitz, Kid Abelha e Gang 90 ainda engatinhando. "Foi uma noite para não se esquecer. Foi realmente incrível ver aquela galera toda, tocando com a maior empolgação. Eu me senti como se estivesse estreando de novo, cheio de entusiasmo", diz Dado.
Reúniram-se de uma só tacada Philippe Seabra e Jander Bilaphra (Plebe Rude), Roger Moreira e Mingau (Ultraje a Rigor), Dinho Ouro Preto (Capital Inicial), Toni Platão, Fausto Fawcett & Carlos Laufer, Nasi (Ira!), Evandro Mesquita (Blitz), Redson (Cólera), os três Paralamas do Sucesso e os remanescentes da Legião Urbana Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá.
Alguns dias após o histórico show, Dado propôs à galera que participou, um registro em estúdio da jam-session. "Era bom demais para que não ficasse nada gravado. É claro que foi em clima de recordar é viver, mas acabou superando as expectativas", fala Dado. Sob sua produção (junto a Tom Capone), a rapaziada do show no Morro da Urca se trancou no estúdio AR por três dias em dezembro de 1998. Na lista de canções, todos os clássicos revisitados no primeiro espetáculo, mais algumas canções de grupos gringos (Lost in the Supermarket, do Clash - que aliás inspirou, com seu álbum Combat Rock, o nome da "banda" - China Girl, de David Bowie e Sheena Is a Punk Rocker, dos Ramones). "O negócio era manter o mesmo clima do show, por isso gravamos tudo ao vivo. Ensaiamos muito pouco, menos de uma semana", relembra Dado.
Em 2001, um CD chamado Jam 80, com parte dessas canções; foi encartado em uma edição da revista Showbizz. Mas ela não continha uma das melhores canções tocada na noite do show e gravada pela superbanda.
Neste mesmo ano, o CD Combate Rock foi relançado quando a RockIt! firmou um contrato de distribuição com a Sony. E novamente faltava esta canção.E em uma terceira edição deste CD, lançada em 2005 pela EMI, a canção que tinha ficado de fora das duas edições anteriores do CD, finalmente estava presente como bônus track: uma versão fiel de I Will Follow, clássico do U2.
Esta gravação de I Will Follow com músicos brasileiros, vale a pena ter na coleção!
Dinho Ouro Preto comentou em 2005 sobre Bono, em uma matéria para a Folha de São Paulo:
'Acho que tenho um gosto comum. Gosto das bandas que são, em geral, as preferidas da maioria. E o U2 é uma banda da qual quase todo mundo gosta. Menos, é claro, alguns colunistas da FOLHATEEN, que não gostam de quase nada. Quando comecei a ouvir punk rock já começava a surgir o que seria os pós-punk. Nas nossas festas, rolava “Rock The Casbah” e “I Will Follow”. Os punks mais engajados torciam o nariz, mas eu achava ótimo. O álbum “Boy” teve um impacto moderado. Era legal, mas havia outras milhares de bandas bacanas. O negócio ficou mais sério com “War”. Dali para frente havia fãs roxos, com os quais não se podia discutir. Bono na terra e no céu também. Bono está no nível dos melhores letristas do mundo, ao lado de Bob Dylan, David Bowie e John Lennon. O que vejo de mais interessante no caso dele é o fato de ter começado a escrever as suas melhores letras depois dos 30 anos, algo muito pouco comum entre os compositores. Como ponto negativo, destaco o fato de ele ter recentemente se associado a ícones dos quais nunca precisou no passado para conquistar a todos com o seu discurso. Achei o fim ele ter tirado fotos com o Bush nos jardins da Casa Branca. O beneficio foi apenas dos politicos. Suspeito quando artistas se envolvem com causas óbvias, como o Sting com relação a Amazônia. Algo me diz que é mais em beneficio próprio do que altruismo. Afinal, fora as madeireiras, quem seria a favor do desmatamento? Seria Bono mais um desses? Afinal, ele se meteu até o pescoço com a história do perdão da dívida africana, outro assunto dificil de achar alguém contra. Até o Bush topa. A favor do Bono, duas coisas. Primeiro, ele sempre foi assim. Desde os primeiros shows era um interminável discurso do começo ao fim. Segundo, ele sempre se comportou com imensa discrição pessoal. Mesmo gostando dele, só outro dia descobri que ele é casado há mais de 25 anos com a mesma mulher e que tem filhos. Provavelmente o perdão da dívida teria saido com ou sem Bob Geldof ou Bono. Não porque os governantes se sensibilizaram, mas porque ela era simplesmente impagável. Como ativista, Bono é um grande músico. E salvem as baleias!'
-----------------------------------

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Desire - Compacto



Single de Desire, lançado pela Island Records em 1988. Compacto versão 7'', importado da França. Raridade. Catálogo: IS400

Commercial Release: September, 1988
Record Label: Island Records
Top Chart Position: US: 3, Canada: 2, UK: 1

A versão de Desire é a mesma encontrada no album Rattle And Hum, com uma pequena exceção: no álbum Rattle And Hum logo no primeiro segundo da canção pode ser ouvido um pequeno som feito por Adam Clayton, emendado da faixa anterior do álbum. Na versão do single, este som foi removido.
Com um riff roubado diretamente do estilo de Bo Diddley de tocar, a canção foi a primeira a conseguir o topo da parada inglesa para o grupo. Nos Estados Unidos, 'Desire' alcançou o terceiro lugar.
Hallelujah (Here She Comes) é o LadoB do compacto. Nesta faixa, o U2 convidou para tocar orgão Hammond e fazer vocais adicionais, o músico Billy Preston, famoso compositor e instrumentista americano conhecido como o "quinto Beatle''. Preston tocou no álbum de 1970 "Let It Be", dos Beatles, e teve participação nas músicas "I Want You (She's So Heavy)" e "Something", do disco "Abbey Road" (1969). Preston também teve no currículo passagens com os Rolling Stones, com quem tocou nos álbuns "Sticky Fingers", "Exile on Main Street", "Goat Head Soup", "It's Only Rock and Roll" e "Black and Blue". Também participou de várias excursões com os Rolling Stones, até que deixou o grupo em 1977, por problemas financeiros. Mesmo assim, posteriormente colaborou em produções próprias de seus integrantes e no disco "Bridges to Babylon", de 1997. Após um período em que foi detido e acusado de fraude na década de 80, e de receber tratamento por seus vícios em álcool e cocaína, em 1990 fez uma turnê com Eric Clapton. Colaborou também com outros artistas e grupos como Aretha Franklin, Jackson Five, Bob Dylan, Quincy Jones, Sam Cooke, Sammy Davis Jr; Red Hot Chili Peppers e Sly Stone. Sozinho, chegou a gravar 18 discos entre 1965 e 1995. Em 1973 obteve um Grammy na categoria melhor álbum instrumental, por "Outta Space". Outros de seus sucessos foram "Will It Go Round in Circles", "Nothing from Nothing" e "With You I'm Born Again", em um dueto com a compositora e cantora Syretta Wright.

terça-feira, 21 de abril de 2009

O lendário Windmill Lane Studios


Windmill Lane Studios era um estúdio de gravação localizado em Dublin, na Irlanda. Foi aberto no ano de 1978 por Brian Masterson.
Artistas como Van Morrison, Sinéad O'Connor, Clannad, Elvis Costello e Eleanor McEvoy fizeram gravações neste estúdio.
Mas a banda de maior projeção que eternizou gravações neste estúdio foi o U2.
Além das gravações dos três primeiros álbuns no estúdio Windmill Lane, o U2 também utilizou o estúdio para gravar duas de suas obras obras primas: The Joshua Tree e parte do álbum Achtung Baby.
No começo da banda, no edifício do Windmill Lane também se situava o escritório 'Management' do U2.

Este verdadeiro salão da fama da música Irlandesa foi fechado em 2001 por causa da baixa visitação e procura, um ano após o U2 fazer sua última gravação lá, com o álbum All That You Can't Leave Behind. Mas os fãs da banda tornaram o local um ponto histórico, forrando o prédio de dois andares coberto por tábuas, em uma nuvem psicodélica de grafites nas paredes e no chão, tudo inspirados no U2.

Bono chegou a dizer que 'o estúdio Windmill Lane era complicado porque, apesar de ser bastante espaçoso para os instrumentos, mal cabiam as pessoas lá dentro.......'

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Bono, produtor do Cactus World News

Na década de 80, o U2 resolveu criar o seu próprio selo, Mother Records; para dar uma chance à bandas locais da Irlanda de terem mais publicidade e poderem realizar um single.
A banda Cactus World News foi formada em 1984, e na época tiveram a chance de ter uma de suas demos, 'The Bridge'', tocada em uma rádio Irlandesa.
Bono ouviu esta demo e ofereceu à esta banda a chance deles gravarem esta canção através do selo Mother Records.
O EP 'The Bridge' foi gravado no Windmill Lane Studios entre janeiro e julho de 1985, com Bono como produtor das canções.
Além da faixa The Bridge, as outras duas canções gravadas para este EP foram The Other Extreme e Frontiers.
++++++++++++++++
Áudio 'The Bridge':

quinta-feira, 16 de abril de 2009

Beach Clips (New Songs From France 2008) - As canções que Bono vazou

Em julho de 2008, Bono estava (novamente) em seu estúdio na casa de praia no sul da França, ouvindo (novamente) as canções do próximo álbum da banda (o agora já lançado 'No Line On The Horizon') com o som alto. Um fã que passava pelo local percebeu que se tratavam de faixas inéditas e conseguiu gravá-las através de seu aparelho celular (novamente). As 4 faixas apareceram no internet (novamente), como já ocorrido no ano de 2006. E realmente eram faixas do album 'No Line On The Horizon', algumas ainda em versões não finalizadas. A qualidade da gravação era bem ruim, com sons de ondas e gaivotas perceptíveis ao fundo.
O beach clip número 1 que foi gravado era Unknow Caller, em uma versão já finalizada da canção.
O beach clip número 2 foi denominado Walk Out Into The Streets. Era uma versão mais antiga de Breathe, a versão final que entrou no álbum.
O beach clip número 3 era a canção que vinha sendo comentada como a que seria o primeiro single do novo álbum, denominada Sexy Boots. Realmente o áudio deste beach clip é uma versão mais antiga da versão final, Get On Your Boots.
O beach clip número 4 foi denominado como Only Love, e que saiu no álbum com o título de Magnificent. A versão do Beach Clip é uma versão mais antiga da versão final do álbum.
....................................................
Um link do forum U2Start com essas gravações dos Beach Clips de 2008: http://rapidshare.com/files/137211659/Bens_Beach_clips_2008_eqd.rar.html

Beach Clips (New Songs From France 2006) - as canções inéditas do U2

Em julho de 2006, fãs espanhóis do U2 estavam próximos à casa de Bono no sul da França, que fica em Èze Beach, de frente ao mar.
Eles escutaram canções vindas do estúdio de ensaio da casa de Bono, e com um celular em mãos; começaram a gravar o áudio.
Eram canções inéditas que poderiam ser lançadas em um novo álbum da banda. As músicas do som ambiente (e má qualidade) gravadas no celular, acabaram se mesclando ao som do mar; e ficaram sendo conhecidas como 'Beach Clips'. Foram 18 minutos de gravações.
4 canções diferentes foram gravadas por esses fãs espanhóis: Windows In The Sky, I Believe, Thank You For The Day e All My Life foram os títulos dados às canções quando elas foram disponibilizadas na internet.
Uma 5° canção foi gravada pelos fãs, mas não era o U2 tocando. A canção 'In Transit' é de Albert Hammond Jr.
Bono convidou Albert para lhe mostrar algumas canções novas do U2, e Albert resolveu mostrar sua canção 'In Transit' para Bono. Daí veio a gravação deste 'Beach Clip', que não é do U2.
Windows In The Sky acabou sendo finalizada e lançada com o título 'Window In The Skies', na coletânea 18 Singles, de 2006.
As outras três canções permanecem inéditas.
'''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''
Link para baixar as canções conhecidas como 'New Songs From France 2006': http://www.u2exit.com/2006/07/u2exitcom_new_songs_from_franc.php

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Fast Cars, a 12° faixa - Áudio

Nas versões japonesa, inglesa e na edição de colecionador do álbum do U2, How To Dismantle An Atomic Bomb; lançado em 2004, Fast Cars veio como canção bônus.
A música tem na letra a referência para o nome do álbum, no trecho ''Where I am it is a lot of fun. They're in the desert to dismantle an atomic bomb''. É a música mais inovadora de todo o álbum.
Tem de tudo um pouco: rock exótico meio arábe, flamenco, pop.
Uma versão demo desta canção, inicialmente chamada de 'Xanax and Wine', foi lançada pelo Itunes no The Complete U2 Digital Box Set.
No Brasil, a faixa Fast Cars, apareceu por um erro; creditada no encarte e na contracapa do álbum How To Dismantle An Atomic Bomb. E os sites de venda online informam:
AVISO AO CONSUMIDOR: Este novo CD do U2 NÃO contém a música "Fast Cars" (faixa 12) como indevidamente informado na contra-capa das tiragens PAA25000, FAB15000 e PAC20000.

Fast Cars: Music by U2. Lyrics by Bono with The Edge. Produced by Steve Lillywhite. Recorded by Carl Glanville. Assisted by Chris Heaney. Mixed by Steve Lillywhite. Keyboards by Jacknife Lee.
////////////////////////////////////
Áudio:

Luzes de Neón: U2 grava Kraftwerk - Áudio

O U2 gravou em 2004 um cover do Kraftwerk. Uma versão de Neon Lights, que o quarteto eletrônico alemão lançou no álbum 'The Man Machine' em 1978, foi lançada como Lado B de uma das versões do single de Vertigo.
Kraftwerk (usina de energia em alemão) é um grupo musical que inventou um estilo de música techno totalmente feita e tocada por meio de sintetizadores, tornando a música eletrônica mais acessível ao grande público, principalmente porque se tornaram os precursores de estilos como o techno e o electro, bem como a moderna dance music em geral. A banda foi fundada por Florian Schneider e Ralf Hütter em 1970, mas contando sempre com a participação de outros músicos, sendo que muitos sequer chegaram a participar de algum disco. Entretanto, a formação mais conhecida, duradoura e bem sucedida foi aquela que se consolidou entre 1975 e 1987 e que incluía os percussionistas Wolfgang Flür e Karl Bartos.
As técnicas que o Kraftwerk introduziu, assim como os equipamentos desenvolvidos por eles, são elementos comuns na música moderna. A banda tem sido considerada por alguns como tão influentes quanto os Beatles na sua participação na música popular na segunda metade do século XX. As suas letras lidam com a vida urbana e a tecnologia europeia pós-guerra. Geralmente mínimas, ainda assim revelam celebração e alertas sobre o mundo moderno.

===================================
Curiosidades: em 1992, no show chamado Stop Sellafield, o Kraftwerk, ao lado de U2 e Public Enemy; pedia o fechamento de uma usina nuclear na Irlanda.
Na última noite da Popmart Tour aqui no Brasil em 1998; Bono chegou a cantar um pedaço da canção Neon Lights; antes de iniciar I Still Haven't Found What I'm Looking For.
===================================
Áudio 'U2 - Neon Lights':


Vídeo 'Kraftwerk - Neon Lights':


Vídeo 'Bono cantando trecho de Neon Lights no Brasil':

terça-feira, 14 de abril de 2009

I Wanna Be Around - Áudio

Em 2006, Tony Bennet gravou uma série de duetos para comemorar seu 80° aniversário. Um dos convidados dele para esses duetos foi Bono.
A canção I Wanna Be Around foi lançada no álbum 'Duets/An American Classic'.
Tony Bennett, nome artístico de Anthony Dominick Benedetto, é um cantor norte-americano, considerado um dos melhores cantores populares do século XX.
===================================
Vídeo:

''The Larry Mullen Band''

No ano de 2005, no aniversário de Larry Mullen; o U2 num show em Los Angeles da Vertigo Tour, se tornou apenas "The Larry Mullen Band''.
A emocionante homenagem veio na canção Out Of Control (o primeiro single da banda), onde entraram as meninas da banda cover 'Exit Tribute Band' e o restante do grupo apareceram com camisetas escritas 'The Larry Mullen Band'.
Entre as pessoas presentes na platéia estavam: Heather Graham, Salma Hayek, Winona Ryder, Rick Rubin, Charlize Theron, Val Kilmer, Jake Gillenhall, Dennis Hopper, Don Cheadle, Dylan McDermott, Lionel Richie.

Mullen, a criança do meio e único filho de Larry and Maureen Mullen, nasceu em 31 de Outubro de 1961, e foi criado em Artane, lado norte de Dublin, Irlanda. Mullen começou a tocar bateria em 1970, com idade de 9 anos, sob a instrução de um baterista irlândes chamado Joe Bonnie e depois, sua filha, Monica. A irmã mais nova de Mullen, Mary, morreu em 1973, e sua mãe morreu num acidente de carro em 1976, o mesmo ano em que o U2 foi fundado.
Antes de fundar o U2, Mullen estava envolvido numa banda que tocava músicas militares, chamada "The Artane Boys Band", contribuindo para as "batidas militares" comuns no trabalho do baterista como na canção "Sunday Bloody Sunday". Mullen fundou o U2 no final de 1976 quando colocou um aviso na "Mount Temple Comprehensive School", sua escola, dizendo algo como "baterista procura músicos para formar banda"
A banda, primeiramente era formada por Mullen, Paul "Bono" Hewson, David "The Edge" Evans, e seu irmão Dik Evans, Adam Clayton, e amigos de Mullen, Ivan McCormick e Peter Martin, primeiramente conhecida como "Larry Mullen Band".
Daí veio a idéia para essa homenagem no aniversário de Larry.

Larry Mullen é fã incondicional de Elvis Presley e fascinado por motos. Larry sempre gostou de música, tinha aulas de piano, mas convenceu os pais a ter aulas com o melhor baterista da Irlanda, Joe Bonnie.
Vive com Ann com quem não é casado oficialmente, mas estão juntos desde os tempos de escola. O primeiro filho do casal chama-se Aaron Elvis, em homenagem ao ídolo de Larry, Elvis Presley, sua filha se chama Ava.

Larry não tinha o "Jr" em seu nome, mas foi obrigado a adotá-lo, pois havia contraído dívidas e estas estavam sendo direcionadas a seu pai, que tinha o mesmo nome. Então para evitar confusões ele decidiu mudar seu nome para Lawrence Mullen Jr.
Adora futebol e é amigo de vários jogadores de times irlandeses.
Segundo Bono, The Edge e Adam; Larry é o que tem a personalidade mais marcante e complexa entre os integrantes da banda. É detalhista e também perfeccionista. Essa sua fama é muito respeitada por seus companheiros de banda. Se alguma decisão importante tem que ser tomada, é Larry quem diz sim ou não. Do contrário, se algo sai de uma maneira que ele não havia aprovado e dá errado, ele fica com aquela cara de: "eu avisei...sabia que isso ia acontecer, eu não disse?"
Bono costuma dizer que Larry é a pessoa mais pé no chão que ele já conheceu.

Larry Mullen um tempo atrás criticou Bono, por andar em "más companhias". A declaração, que tem endereço certo, o ex-primeiro ministro britânico Tony Blair, foi dada em entrevista para a revista de música britânica "Q": "Meu maior problema realmente é com as companhias que ele mantém às vezes. Mais as pessoas da política do que do mundo financeiro. Em particular, Tony Blair - quer dizer, eu acho que o Tony Blair é um criminoso de guerra. E eu acho que ele deveria ser julgado como um criminoso de guerra. E aí eu vejo Bono e ele como colegas, e penso: 'Eu não gosto disso'," afirmou Mullen à revista.
..................................................................
Video:

A Jam de The Edge e Wyclef Jean em Dublin

No ano de 2002, The Edge fez uma jam com Wyclef Jean em Dublin, no Ambassador Theatre em Dublin. Depois de Wyclef fazer uma versão instrumental de Sunday Bloody Sunday, The Edge se juntou à ele para tocarem uma versão instrumental de "With Or Without You". Edge retornou ao palco uma segunda vez para cantar um cover de "Knockin' On Heaven's Door".
-----------------------------------------
Vídeo:

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Vale a pena ver (e ouvir) de novo (ou pela primeira vez) ao vivo - Performances raras ao longo das turnês (Parte 4)

Covers tocadas pelo U2 ao longo de suas turnês, de bandas e artistas como The Who, Beatles, The Skids, Bob Dylan, Elvis Presley; entre outros.
==============================
Won't Get Fooled Again, Irving Plaza 2000

Help, Conspirancy Of Hope Tour 1986

The Saints Are Coming, Hawaii 2006

I Shall Be Released, Conspirancy Of Hope Tour 1986

Can't Help Falling In Love, Adelaide 1993

Stand By Me, Philadelphia 1987

People Get Ready, Joshua Tour

Helter Skelter, Save The Yuppies Concert 1987

Southern Man, 1987

Dancing Queen, Sweden 1992

Unchained Melody, Los Angeles Popmart 1997

All Along The Watchtower, Smile Jamaica Concert 1988

Sun City, Conspirancy Of Hope Tour 1986

C'Mon Everybody, Self Aid 1986

Satellite Of Love, Dublin 1992

U2 no Carnaval da Bahia/Salvador em 2006

''Rock nosso que estais na veia. Muito escutado seja vosso solo. Venha a nós o riff inteiro. Seja feito barulho a vontade. Assim em casa como nos shows. Música boa de cada dia nos daí hoje. Perdoai nossas loucuras. Assim como perdoamos os pagodeiros e sertanejos. Com aquelas músicas horríveis. Não nos deixeis cair em funk carioca. E livrai-nos do axé.
AMÉM''
A visita de Bono à Bahia em 2006 foi regada a comida e música típica. O vocalista da banda irlandesa U2 comeu carne-de-sol, moqueca de camarão, peixe à moda de Ilhéus, robalo, e depois de tudo isso, cantou axé music.
Ele e Ivete Sangalo cantaram juntos a música "Vertigo", que dava nome à turnê mundial do grupo. Depois, Bono se disse "muito brasileiro", para uma multidão extasiada. Os integrantes do U2 e o produtor musical Quincy Jones estavam no Expresso 2222, o camarote do ministro Gilberto Gil no circuito Barra-Ondina, na orla de Salvador. O trio elétrico Cerveja & Cia, de Ivete, passou bem em frente ao camarote por volta de 21h30m. A musa do axé viu o líder do U2 e cantou para ele. Animado, Bono pegou um microfone e, da sacada, acompanhou Ivete. Gil não se conteve, pegou outro microfone e também soltou a voz. O guitarrista do U2, The Edge, fotografava toda a performance rock-carnavalesca de Bono. Depois, Bono improvisou uma versão própria de "No Woman, No Cry", de Bob Marley: "I remember carnival / In the beautiful city of Salvador" (Eu me lembro do carnaval / na bela cidade de Salvador), e arrematou, mais adiante: "A new Brazil is coming" (Um novo Brasil está chegando).
Bono se encantou com a Bahia: “Quais são minhas primeiras impressões sobre a Bahia? Mulheres. Grandes ondas. Areia no pé. E a melhor comida do mundo”, disse Bono.
A presença do U2 alvoroçou a vizinhança da casa do ministro no Horto Florestal, num condomínio fechado de classe média alta. Uma dúzia de adolescentes passou a noite esperando Bono. “Se vocês não gritarem, ele fala com todos”, disse um segurança. Dito e feito. O cantor posou para fotos, abraçou, beijou e se divertiu com os fãs privilegiados e incrédulos com o “mole” que tiveram.
Bono, The Edge e Larry Mullen Jr. foram à casa de Gil, mas o baixista Adam Clayton não apareceu. Bono estava hospedado num condomínio fechado numa praia a meia hora de Salvador, no litoral norte. Os outros estavam em um hotel no bairro Rio Vermelho. A nata da música baiana foi convocada para recepcionar o grupo irlandês: Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Carlinhos Brown e Margareth Menezes. O prefeito de Salvador, João Henrique, também compareceu à recepção de Gil.
“É todo mundo legal, todo mundo gente fina”, elogiou Ivete, lambendo um pote de doce que, brincou com os fãs, o próprio Bono lhe deu. “É um exemplo de artista. Usa a representatividade que tem para falar de coisas urgentes, que são reais. Bono não faz demagogia, fala de coisas profundas”, disse Margareth Menezes.
----------------------------------------
Vídeo:

Antologia do U2 - lista de outtakes, demos e canções inéditas (1999-2008)

Listagem de gravações não finalizadas, composições, demos, outtakes e canções finalizadas do U2 não lançadas nos álbuns. Algumas das canções citadas são conhecidas pelo fãs, por já terem sido lançada em gravações piratas ou aparecido em áudio na internet. Outras foram lançadas oficialmente pelo U2 em edições especiais de álbuns, lançamentos exclusivos para sites de vendas online de músicas, singles. E outras apenas tiveram as versões iniciais regravadas e finalizadas com outro título para integrar os álbuns de estúdio da banda. O restante são canções que permanecem inéditas e desconhecidas.

All That You Can't Leave Behind: 1999 - 2000
Busy Bee
Love Is All Around
Good Morning
Helicopter
Once Upon A Time
Miracle Drug
Never Say Goodbye
Most Beautiful Girl
Could Have Fooled Me
Baby’s Got No Home
Higher Than Love
Flower Child
Frog Rock
If I Had You To Myself
Cowboy Miracle
Zubu House
Density Trap
Always
Bulldozer
Jubilee
Stir My Soul
Sometimes
Peru
Again
Stranded
Novelty Act
High Life House
Jam Man
Lightning To Monday
Velvet Voice
Taffy Apple
Young Blood
Yet Another
Don’t Steel My Heart
Frontier of The Skin
Sweat Of The Sun
The Discovery
Gum Tree
Big Jesus About Town
Rock My Soul
Identity Crisis
Snow Is Falling
Home (This Bird Has Flown)
Dangerous Key
Big Rock Ballad
A Dozen Roses
A Man And A Woman
Last Week Of My Life
Roll The Rocking Chair
Walk Through The Circle
Yesterday And Tomorrow
Harder
Love and Peace
Love You Like Mad
Levitate
With My Body Thee Worship
Come On
Love Is All Around
Not Supposed To Be This Way
Fallen Angel
Guardian Angel
But The Tears Will Come Soon
Love Will Never Say Goodbye
Million Dollar Theme
Are You Going To Wait Forever
Sometimes You Can't Make It On Your Own
A Man's A Man
Electrical Storm
One Step Closer To Knowing
You Can't Give Away Your Heart
Try To Believe This
------------------------------------------

How To Dismantle An Atomic Bomb: November 2003 - August 2004
Smile
Native Son
Xanax and (Red) Wine
Firefly
Unique
Sky Hawk
Shark Soup
Full Metal Jacket
Tough
Mercy
North Star
Lead Me In The Way I Should Go
You Can't Give Away Your Heart
Good Morning
Love Is (Perfecto)

--------------------------------------------------
No Line On The Horizon: June 2007 - December 2008
Winter
Tripoli
One Bird
Diorama
Dance
Sexy Boots
French Disco
Velvet Heart
House Of Abraham
Four-Letter Word
For Your Love
If I Could Live My Life Again
Pilgrims Lack of Progress
Chromium Chords
Thank You For The Day
Songs of Ascent
Kingdom of Your Love
Every Breaking Wave
Anybody Is A Star/North Star
----------------------------------------------------
Various Recordings/Sessions: September 1976-December 2008
An American Prayer
Walk Away
One Love
Wherever You Are
In My Eyes I Cry
Gives Away Love
Something Happens
If You Die, I Don't
Control Room
Devil In This House Tonight
This Thing I've Got to Stop
Treason
Starstruck
Poison Glen
Carry Me Home
We Love You

Antologia do U2 - lista de outtakes, demos e canções inéditas (1990-1996)

Listagem de gravações não finalizadas, composições, demos, outtakes e canções finalizadas do U2 não lançadas nos álbuns. Algumas das canções citadas são conhecidas pelo fãs, por já terem sido lançada em gravações piratas ou aparecido em áudio na internet. Outras foram lançadas oficialmente pelo U2 em edições especiais de álbuns, lançamentos exclusivos para sites de vendas online de músicas, singles. E outras apenas tiveram as versões iniciais regravadas e finalizadas com outro título para integrar os álbuns de estúdio da banda. O restante são canções que permanecem inéditas e desconhecidas.

Achtung Baby: October 1990 - August 1991
Down All Days
She's Holding On / Bareback
California
Candy Man
Fat Boy
Sick Puppy
Stay At This Time
--------------------------------------------------
Zooropa: February 1993 - May 1993
Sinatra
Piano : Poem
Jesus Drove Me
Landscape
Cry Baby
Indian Jam
The Dead Man
Sponge
Lose Control
If I Should Ever Lose Control
Revolution Of The Heart
Johnny Cash On The Moon
Wanderlust
Bright Lights, Big City
In Cold Blood
----------------------------------------
Original Soundtracks: 1994 - 1995
Seibu
Davidoff
Antarctica
Fleet Click
Plot ISO
Drift (Tokyo)
Glacier (Tokyo)
Drowning (Tokyo)
Loop 14 (Out)
One Finger Piano
After The Jungle
Tenterhook
Slow Sitar (Time)
-------------------------------------------------
Pop: 1996
Hymn To The Universe
MMFR / MFRR
Novelty Act
If I Should Ever Lose Control
Super City Mania
Sparky's Left The Planet
SquidgyNose Job
Untidy Life
Jesus Drove Me
Drug
Religious
Be There
Big Girls Are Best
Scott Walker
Oedipussy
The Return of The Fly
Revenge...
Mother
Something Happens
I Love The Apple Mac
Up
Suit of Lights

Antologia do U2 - lista de outtakes, demos e canções inéditas (1976-1988)

Listagem de gravações não finalizadas, composições, demos, outtakes e canções finalizadas do U2 não lançadas nos álbuns.
Algumas das canções citadas são conhecidas pelo fãs, por já terem sido lançada em gravações piratas ou aparecido em áudio na internet. Outras foram lançadas oficialmente pelo U2 em edições especiais de álbuns, lançamentos exclusivos para sites de vendas online de músicas, singles. E outras apenas tiveram as versões iniciais regravadas e finalizadas com outro título para integrar os álbuns de estúdio da banda.
O restante são canções que permanecem inéditas e desconhecidas.


Bono's Briefcase: September 1976-August 1981:
Pop
Spring
Beatles
Beast
Talking
When I Fall Down
No Man's Land
The End Of Fire
Street Mission
Speed Of Life
False Prophet
It Just Might
Night Fright
Cars and Aeroplanes
Shelter From The Storm
Concentration Cramp
Believe In Me
Inside Out
Love Is A Word
It's Just As Well
Instrumentals
Christmas
-----------------------------------------
Early Recordings/Sessions: September 1976-September 1980
Hang Up!
Concentration Cramp
Night Fright
Inside Out
No Man's Land
City At Night
Life On A Distant Planet
False Prophet
Alone In The Light
Tonight
Trevor
The Dream Is Over
Street Mission
The Fool
The Magic Carpet
Live My Life Tonight
Touch
Oh No
The Heart of A Child
I Realise
Pete The Chop
------------------------------------------------
War: May 1982-August 1982
Be There
Angels Too Tied To The Ground
Endless Deep
------------------------------------------------
The Unforgettable Fire: March 1984-August 1984
White City
Celtic Trap
Bird Whistle
Return of Sting Ray Guitar
African Sunrise
Spirits of The Rising Sun
Three Minutes To Midnight
Percussion 1
Percussion 2
French Song
Slow Drive
------------------------------------------------
The Joshua Tree: July 1986-November 1986
Present Tense
Wave of Sorrow
The Executioner's Song
Under The Weather (Girls)
Tell Them The Story
Desert Of Our Love
Beautiful Ghost
America
Rise Up
Diamond
Move Up
-------------------------------------------------------
Rattle & Hum: 1987-1988
Heartland Storm
She's Gonna Blow Your House Down
We Almost Made It This Time
My Time Hasn't Come
Tokyo
Moving Out
Prisoner of Love

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...