Anúncios

Ainda Não Encontrou O Que Procura? Pesquise Aqui!

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Introdução de "Elevation" em 'U22' é um dos pontos altos do CD

O site oficial do U2 liberou para os assinantes, download de mais 8 faixas do álbum 'U22'.
Umas das canções disponibilizadas foi "Elevation", gravada na Veltins Arena, Gelsenkirchen, em 3 de agosto de 2009.
Ela traz uma excelente introdução onde o público canta o 'whoooa whoooa whoa', e Bono se junta à eles, para em seguida cantar o refrão a capella, antes da guitarra de Edge aparecer e dar início à performance da música.
A voz de Bono soa incrível, super afinada, e este início é um dos pontos altos do CD!

A longa gestação de "Sometimes You Can’t Make It On Your Own"

Já na gravação de 'All That You Can’t Leave Behind' em 1999, Bono tinha conhecimento que seu pai estava morrendo de câncer. Foi um momento difícil para ele, o mais difícil desde que sua mãe morreu quando ele ainda era um adolescente. E então ele escreveu uma música para Bob, e a chamou de "Tough" (algo como 'durão'). Porque era o que seu pai sempre lhe pareceu. Nas próprias palavras de Bono, “Irlandês, Dub, Dubliner do lado norte, muito cínico sobre o mundo e as pessoas nele, mas muito charmoso e engraçado com isso.”
Ele trabalhou na música para 'All That You Can’t Leave Behind' e se transformou em "Sometimes You Can’t Make It On Your Own" durante aquelas sessões – mas não estava pronta, não conseguiu ser terminada, foi para o freezer. Bem, não por um longo tempo, na verdade. Bob morreu uma semana antes da apresentação da banda no Slane Castle, um dos destaques da turnê Elevation. Bono trouxe a música à tona, espanou-a e cantou-a no funeral de Bob, um retrato do artista como um homem velho - um cara da classe trabalhadora que amava a ópera, e que tinha deixado alguma coisa de sua bela voz de tenor para o seu filho.
"Ele nunca falou sobre nenhuma das músicas", Bono lembrou de seu pai, conversando com Stuart Clark da Hot Press. “Oh, eu me lembro que ele gostou de "The Unforgettable Fire". Não do álbum, mas da música. Ele pensou que estávamos ficando muito bons na época de 'Rattle And Hum' – "When Love Comes To Town" era uma favorita. Mas ele não sabia para onde estávamos indo nos anos 90!”
Ele nunca tinha sido realmente um fã da banda, mas não importava. Eles voltaram para a música para 'How To Dismantle An Atomic Bomb' e se sentiram bem – mas havia alguma coisa incomodando Edge sobre os acordes. Foi construído em uma seqüência de rock tradicional, muito óbvio. Ele tentou dar uma ampliada, mas que fez soar mais Beatles-ish e não fazia para a melodia o que era necessário. Foi uma dureza.
Era uma grande música, era importante para Bono, mas tinha sido para eles durante anos, e ainda não tinha acontecido. Daniel Lanois apareceu e trabalhou com ele por pouco tempo, desbloqueando o início da música. Mas foi Bono quem colaborou para o avanço, quando ele sugeriu baixar um tom do baixo no verso , levando a música para longe de uma provável comparação com "Stand By me". Todo mundo achava que eles tinham aprendido. Exceto Steve Lillywhite. Ele deu-lhe uma avaliação crítica para provar, bem crítica.
“Minha contribuição para essa música é que estava ouvindo-a com Edge – e Bono também estava lá – e eu disse ‘Edge, essa música não tem um refrão’. E eles disseram ‘O que você quer dizer?’ E eu disse, bem, apenas termina um verso e então vai para 'sometimes you can’t make it on your own’. E Bono disse imediatamente: "Dê-me a guitarra". Então ele pegou a guitarra e cantarolou ‘And it’s you when I look na na na na’ - ele ainda não tinha a letra- ‘And it’s you du du du du du du du/ sometimes you can’t make it on your own’. E de repente a música foi concluída. Essa música tinha estado ao redor por boa parte dos últimos cinco anos e ninguém jamais lhes disse que não tinha um refrão."
Eles não tinham apenas que adicionar um refrão. Havia também que introduzir uma seção de falsete que contribuisse como algo fresco e memorável para o caráter da faixa; e, dada a longa gestação da música, perversamente, como Bono disse a si mesmo, foi escrita em dois segundos. Às vezes é assim que vai. Nada. Nada. Nada. E então uma grande ideia num piscar de olhos. São essas linhas que dão também à canção sua ressonância universal, captando essa sensação estranha em todos nós naquele momento nos pegando desprevenidos, olhando ou soando como o nosso pai ou mãe antes de nós.
“Minha voz é a melhor que já existiu neste álbum”, Bono confidenciou na época de lançamento do álbum. “E eu acredito que é um presente do meu pai pra mim. Ele era um grande tenor, e quando ele morreu ele passou isso pra mim.”
Ou talvez seja apenas que a sua morte, e a proximidade com ele que Bono trabalhou para estabelecer naqueles dias difíceis como o relógio acalmando a saída final de seu pai, abriu novamente caminhos emocionais que haviam sido fechados pela devastação dos anos.
Às vezes você não pode fazer da sua própria maneira...


Agradecimento: Rosa

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Em entrevista, vocalista da banda irlandesa The Cranberries fala sobre as comparações com os também irlandeses U2

Dolores O'Riordan, vocalista dos irlandeses The Cranberries, explicou em entrevista que é muito diferente ser mulher, mãe e vocalista de uma banda. A cantora mostrou os seus pontos de vista para colocar de parte comparações entre a sua banda e os compatriotas U2.
Questionada sobre se tinha sido difícil lidar com a herança da banda liderada por Bono, a banda irlandesa com mais sucesso internacional, O'Riordan respondeu: "Não, nem por isso. É muito bom vir de um país que tem tantos artistas e tão bons. E é impossível comparar uma banda liderada por uma mulher com uma banda liderada por um homem. Carreguei três bebês na barriga e amamentei esses bebés".


Do site: Blitz (Portugal)


U2.COM libera para assinantes, download de mais 8 canções de 'U22'

Conforme anunciado, o site oficial do U2 liberou hoje o download de mais 8 canções que estarão presentes em 'U22'. São elas: Magnificent, I Still Haven't Found What I'm Looking For, Stay (Faraway, So Close), Elevation, The Unforgettable Fire, City Of Blinding Lights, UltraViolet (Light My Way) e With Or Without You.


Já dá para identificar também de quais shows e datas que faixas do 'U22' foram tiradas:
1. EVEN BETTER THAN THE REAL THING
- Estadio Azteca, Mexico City, 15th May 2011
2. THE FLY
- Spartan Stadium, East Lancing 26 June 2011
3. MYSTERIOUS WAYS
- Cape Town Stadium, Cape Town 18 February, 2011
4. MAGNIFICENT
- Stadion Letzigrund, Zurich, 11 September 2010
5. UNTIL THE END OF THE WORLD
- Estadio Azteca, Mexico City, 14 May 2011
6. I STILL HAVEN'T FOUND WHAT I'M LOOKING FOR
- FNB Stadium, Johannesburg, 13 February 2011
7. STAY (FARAWAY, SO CLOSE!)
- Soldier Field, Chicago, 5 July 2011
8. ONE TREE HILL
- Mt Smart Stadium, Auckland, 26 November 2010
9. BEAUTIFUL DAY
- Stadion Maksimir, Zagreb, 10 August 2009
10. ELEVATION
- Veltins-Arena, Gelsenkirchen, 3 August 2009
12. ALL I WANT IS YOU/LOVE RESCUE ME
- ANZ Stadium - Sydney, New South Wales, Australia, 14 December 2010
13. THE UNFORGETTABLE FIRE
- Ullevi Stadion, Gothenburg, 31 July 2009
15. CITY OF BLINDING LIGHTS
- Parc Des Sports Charles-Ehrmann, Nice, 15 July 2009
16. MLK/WALK ON
- Zagreb, Croatia at Maksimir Stadium, 9 or 10 August 2009
17. ONE
- Hampden Park, Glasgow, Scotland, 18 August 2009
19. ULTRA VIOLET (LIGHT MY WAY)
- Estadio Cidade de Coimbra, Coimbra, 3 October 2010
20. WITH OR WITHOUT YOU
- Wembley Stadium, London, 14 August 2009

"Desire" do U2 foi ensaiada no Tributo Ao Legião Urbana

A MTV Brasil exibiu o 'Making Of MTV ao Vivo - Tributo MTV à Legião Urbana', programa que invadiu os ensaios e mostrou como Wagner Moura, Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá se prepararam para o show, com depoimentos, histórias, expectativas, trechos de músicas e muita emoção!
O curioso foi que em determinado trecho, eles ensairam uma versão acústica de "Desire", do U2.
A equipe do site U2BR editou e disponibilizou o trecho em que um pedaço da canção do U2 é tocada:

A canção "Red Hill Mining Town"

Durante o ensaio da canção "Springhill Mining Disaster" para uma apresentação no Late Late Show, Bono ficou descontente com um take de seu vocal gravado mais cedo naquele dia, e ele se perguntou por que sua voz soava "como um homem rico, com notas de libra enfiadas nos bolsos quando a música fala sobre o desemprego".
O engenheiro de áudio determinou que o efeito de reverberação estéreo que tinha sido adicionado para os vocais, contribuiram para esta sensação, e como resultado, foi removido.
Em 1984, a União Nacional de Mineiros liderou uma greve em resposta à campanha do Conselho Nacional do Carvão para fechar minas não rentáveis​​. A disputa foi uma das mais polêmicas e amargas na história britânica e seu efeito sobre as famílias e as comunidades foi grave.
Estas vertentes se uniram em "Red Hill Mining Town", uma versão rudimentar (Rough Version) que tinha sido trabalhada durante o início das gravações de 'The Joshua Tree', que foi escrita nas sessões iniciadas no final de 1985.
As letras de Bono são centradas na tensão da disputa que aconteceu sobre as famílias e seus relacionamentos, muitos dos quais romperam. Em particular, a inspiração foi tirada do livro de Tony Parker 'Red Hill: A Mining Community'.
Bono foi criticado em algumas áreas por não ser politicamente específico o suficiente. No entanto, Bono disse que sentiu que estava mais interessado nas relações e que os outros eram mais qualificados para comentar sobre a greve em si.
Um videoclipe para a canção foi produzido em fevereiro de 1987 em Londres e dirigido por Neil Jordan. Foi filmado em um set que representa uma mina subterrânea. O vídeo foi incluído no DVD bônus da reedição de aniversãrio de 20 anos de 'The Joshua Tree'.

terça-feira, 29 de maio de 2012

O descobrimento do folk por Bono

Em 1984, Bob Dylan tocou no Slane Castle, em Dublin. Bono o entrevistou para a revista Hot Press e Dylan convidou Bono para cantar no palco com ele. O encontro confirmou para Bono, cuja "coleção de discos começou em 1976", o quanto ele ainda tinha que aprender sobre as tradições de cantar, compor e sobre musicalidade.
Uma amizade desenvolvida entre Bono e Dylan fez com que Bono examinasse o catálogo de Dylan, refazendo as conexões entre a música folclórica irlandesa e americana. Ele também estava ouvindo as músicas de Bruce Springsteen.
A consciência crescente do U2 nas tradições folk se refletiu na performance em uma homenagem do 25º aniversário dos veteranos do folk The Dubliners, no Late Late Show em 1987.
O U2 tocou uma versão de "Springhill Mining Disaster" para Luke Kelly, que conta a história de um desastre de mineração em Nova Scotia.
No final do show, o U2 também participou de um Finale All-Star (uma super reunião de estrelas) com The Dubliners e o The Pogues.

Eu corri para uma juke Joint quando ouvi um grito de guitarra...................

Uma linha da canção "When Love Comes To Town" do U2 diz: "I ran into a juke joint when I heard a guitar scream (Eu corri para uma juke joint quando ouvi um grito de guitarra).
Juke joint (ou jook joint) é o termo vernacular para um pequeno estabelecimento informal de música, dança, jogos e bebidas, operados sobretudo por afro-americanos. 
As juke joints são muito comuns no sudoeste dos Estados Unidos, em áreas com populações afro-americanas, e localizam-se principalmente em cruzamentos de estradas. Muitos historiadores apontam os juke joints como responsáveis pelo surgimento do blues.
Alguns acreditam que o termo "juke" deriva da palavra gullah "joog", que significa desordem.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

When Love Comes To Town - Tradução

Do álbum de 1988, 'Rattle And Hum'


I was a sailor, I was lost at sea
Eu era um marinheiro, eu estava perdido no mar
I was under the waves
Eu estava embaixo das ondas
Before love rescued me
Antes de o amor me resgatar
I was a fighter, I could turn on a thread
Eu era um lutador, eu poderia ligar um fio
Now I stand accused of the things I've said
Agora eu fico sendo acusado de coisas que disse
Love comes to town I'm gonna jump that train
O amor vem à cidade, eu vou pular daquele trem
When love comes to town I'm gonna catch that flame
Quando o amor chegar à cidade eu vou pegar aquela chama
Maybe I was wrong to ever let you down
Talvez eu estava errado para te deixar para baixo
But I did what I did before love came to town
Mas eu fiz o que eu fiz antes do amor vir à cidade
Used to make love under a red sunset
Costumava fazer amor embaixo de um pôr-do-sol avermelhado
I was making promises I was soon to forget
Eu estava fazendo promessas que eu logo esqueceria
She was pale as the lace of her wedding gown
Ela estava pálida como o laço de seu vestido de noiva
But I left her standing before love came to town
Mas eu a deixei esperando antes do amor chegar à cidade
I ran into a juke joint when I heard a guitar scream
Eu corri para uma juke joint quando ouvi um grito de guitarra
The notes were turning blue, I was dazing in a dream
As notas estavam ficando tristes, eu estava ofuscando em um sonho
As the music played I saw my life turn around
Como a música tocada, eu vi minha vida se transformar
That was the day before love came to town
Aquele foi o dia anterior em que o amor veio à cidade
When love comes to town I'm gonna jump that train
Quando o amor chegar à cidade eu vou pular daquele trem
When love comes to town I'm gonna catch that flame
Quando o amor chegar à cidade eu vou pegar aquela chama
Maybe I was wrong to ever let you down
Talvez eu estava errado para te deixar para baixo
But I did what I did before love came to town
Mas eu fiz o que eu fiz antes do amor vir à cidade
I was there when they crucified my Lord
Eu estava lá quando eles crucificaram meu Senhor
I held the scabbard when the soldier drew his sword
Eu segurei a bainha quando o soldado sacou sua espada
I threw the dice when they pierced his side
Eu arremessei os dados quando eles trespassaram seu lado
But I've seen love conquer the great divide
Mas eu tenho visto amor conquistar o grande divino
When love comes to town I'm gonna catch that train
Quando o amor chegar à cidade eu vou pegar aquele trem
When love comes to town I'm gonna catch that flame
Quando o amor chegar à cidade eu vou pegar aquela chama
Maybe I was wrong to ever let you down
Talvez eu estava errado para te deixar para baixo
But I did what I did before love came to town
Mas eu fiz o que eu fiz antes do amor vir à cidade


O reencontro nos palcos entre Dik Evans e The Edge

No dia 19 de março de 2004, os quatro membros do U2 participaram de um jantar no Shelbourne Hotel em Dublin, organizado pela Fundação Irlandesa Hospice, em honra do amigo de longa data do U2 e fundador da banda Virgin Prunes, Gavin Friday. Durante o jantar, Bono cantou um cover de Frank Sinatra, "You Make Me Feel So Young"; e The Edge participou de um cover de um clássico do Virgin Prunes, "Art Fuck", com três membros do Prunes: Gavin e Guggi nos vocais e Dik Evans, irmão de The Edge, na guitarra. The Edge tocou baixo.
Quando Larry Mullen Jr. colocou um anúncio num quadro de boletins de uma escola, procurando por músicos para formar uma banda, apareceram Paul Hewson, Adam Clayton e os irmãos Dave e Dik Evans.
Esse grupo então formou uma banda que tocava cover dos Beatles e dos Stones, chamada Feedback, que depois mudou para Hype, em 1977.
Logo depois, Dik Evans deixou a banda para formar o The Virgin Prunes. Após a saída dele, a banda resolveu mudar o nome para U2.

Sobre a faixa "Near The Island (Instrumental) Night Train From Rostock"

"Near The Island (Instrumental) Night Train From Rostock" é uma das muitas gravações instrumentais que o U2 improvisou durante a gravação de 'Achtung Baby'. É um chill out como aqueles que a banda ouvia nos clubes berlinenses.
Mas ela não foi concebida nos estúdios em Hansa, e sim nas sessões iniciais em Dublin.
A canção inédita foi redescoberta pelo U2 nos arquivos de 'Achtung Baby', enquanto a banda revisava todo o material, para a escolha do conteúdo da edição especial de 20 anos do álbum. Um punhado de material foi redescoberto: vídeos, remixes, lados B e cenas documentais, e ainda surgiu um álbum inteiro de versões demo das músicas que formaram o disco final.
A suavidade da peça instrumental melódica "Near The Island" não remete a nada do que foi aproveitado para 'Achtung Baby' ou do material não aproveitado, que foi conhecido pelos fãs nos bootlegs 'Salomé'. É o lado mais suave e sombrio do U2, de todo o material conhecido de 'Achtung Baby'.
Ao que parece, Adam Clayton e Larry Mullen não participam da canção. O violão de The Edge fornece a espinha dorsal da música, enquanto o piano soa estável, silencioso, delicado. Talvez nem o próprio Bono tenha participado desta gravação. Parece uma colaboração de The Edge e Brian Eno (talves tenha sido este que tenha trazido esta forma mais 'espiritual' para a canção). Outra hipótese para o responsável pelo piano na faixa, é a de Paul Barret, o produtor. Infelizmente, faltam créditos à esta canção nas edições especiais do álbum.
Como ela não tem uma estrutura clara definida, onde não existe verso e refrão, ela permaneceu apenas como um esboço à espera de uma definição de beleza, o que nunca aconteceu e acabou sendo descartada pelo U2. Mas com certeza, a banda se esforçou e lutou por ela, antes de abandoná-la por 20 anos.

domingo, 27 de maio de 2012

A influência do U2 na sonoridade do primeiro álbum do Legião Urbana

Confira no video abaixo, a grande influência do U2 sobre o rock brasileiro do Legião Urbana.
O Legião se revela grande fã da banda, e mostra também a diversidade da cultura musical de Renato Russo que com bom gosto admirava grandes e contemporâneos, como a lendária banda Joy Division.
Após o lançamento do primeiro disco do Legião Urbana, em 1985, a crítica musical questionou os integrantes sobre a criação, se teria sido baseado no álbum "Boy" da banda irlandesa U2, disco este lançado em 1980.
Este fato foi negado na época, mas assumido pelo guitarrista Dado Villa Lobos em 2011.
Dado citou a característica no som de Edge, que utiliza efeitos incríveis em seus pedais.
Ele contou também sobre a influência que o grupo Legião Urbana sofreu do U2 nos anos 80, principalmente na guitarra com delay na canção 'Ainda É Cedo', ou no som de teclado seguido de solos de guitarra na canção 'Soldados'.
Críticas sobre o primeiro álbum do Legião Urbana diziam que a banda era "O U2 brasileiro".

sábado, 26 de maio de 2012

A primeira versão de "New Day"

Em um documentário do canal VH1 em 2002, Wyclef Jean explicou que originalmente, a canção "New Day" foi escrita para o filme 'Life' de 1999, com Eddie Murphy e Martin Lawrence. A transição da original "New Day" para a versão de "New Day" com Bono, aconteceu quando Wyclef convidou Bono para sua casa durante um fim de semana do feriado de 04 de julho. "Eu era louco, em primeiro lugar", brinca Wyclef: "Bono mudou a música ao redor". Para Bono, "você não é mais convidado à minha casa." Bono explica que, quando ele foi à casa de Wyclef, ele não ia levar ninguém, e que só deveria ser um encontro de amigos.
Ele chegou na casa Wyclef e havia carros estacionados por "3 ou 4 milhas". Bono descreveu a festa: "Eu via os vídeos de rap, sabe, e eu queria saber o que acontecia nestes bairros".
No filme 'Life' (Até Que a Fuga Nos Separe), Eddie Murphy é o falante Rayford Gibson e Martin Lawrence é o conservador caixa de banco Claude Banks. Acidentalmente, os dois se tornam a mais estranha e divertida dupla do leste do Mississipi. No intuito de liquidar a dívida de Ray e recuperar a reputação de Claude, eles viajam para o Sul. Por extremo azar, são pegos na cena de um crime e suas identidades falsas são desmascaradas.
Na cena do filme que pode ser vista abaixo, o áudio da primeira versão de "New Day", sem a participação de Bono:

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Bono pode perder R$ 681 milhões com desvalorização das ações do Facebook

Bono, vocalista do U2, ainda é um dos homens mais ricos da música, mas não tanto quanto esperava. De acordo com o site da revista inglesa NME, a desvalorização das ações do Facebook pode ter causado um débito de US$ 342 milhões - R$ 681 milhões, na cotação desta sexta-feira (25) - ao vocalista do U2.
Bono detém 2,3% das ações da rede social de Mark Zuckerberg, adquiridas por US$ 90 milhões (R$ 179 mi) há três anos. Quando o Facebook entrou na bolsa de valores na semana passada, as ações de Bono subiram para US$ 2,2 bilhões (R$ 4,3 bi), mas após uma semana de desvalorização, não passam de US$ 1,84 bilhão (R$ 3,66 bi).
Em entrevista recente ao MSNBC, Bono desmentiu os boatos de que teria se tornado bilionário, com uma fortuna comparável somente à dos Beatles na indústria fonográfica.
"Não sou bilionário nem serei mais rico que nenhum Beatle", alegou. "Isso é uma piada. [Na empresa de investimentos de Bono] nós investimos o dinheiro de várias pessoas. Somos pagos, claro. Mas só me senti rico quando eu tinha 20 anos e minha esposa pagava as minhas contas", brincou.
O U2 atualmente trabalha no 13º álbum da carreira, ainda sem previsão de lançamento.


Do site: Virgula

O Brasil está em 'U22'

Numa das imagens do encarte de 'U22', divulgadas pelo site U2.COM, é possível ver que na arte foi utilizada uma foto tirada no Estádio do Morumbi em São Paulo, no terceiro show, do dia 13 de Abril de 2011.
A foto original é esta:
Agradecimento: U2BR

Prévia de imagens do livro deluxe de 'U22'

O site U2.COM divulgou algumas imagens do material presente no livro deluxe de 'U22'. Confiram:





O dia seguinte: a repercussão do show do U2 em Sarajevo

No dia seguinte ao show do U2 em Sarajevo, um jornal local publicou um editorial que foi manchete: "Hoje foi o dia que o cerco de Sarajevo terminou". Em reação ao evento, um estudante bósnio disse aos membros da imprensa internacional: "Eu me senti excluído do mundo por tanto tempo. Não é apenas sobre o U2. É o sentimento de fazer parte do mundo novamente".
Um residente local disse que o concerto era "prova de que temos paz aqui, que tudo está OK".
Fãs de fora da ex-Iugoslávia descreveram Sarajevo como "um oásis de luz" no meio de edifícios destruídos e afetada pelo fogo, e aldeias desertas.
Apesar do desempenho abaixo do que a banda pode produzir, a Associated Press disse: "Para duas horas mágicas, a banda de rock U2 conseguiu o que guerreiros, políticos e diplomatas não poderiam: eles uniram a Bósnia".
Andrew Mueller do The Independent, escreveu: "Pela primeira vez desde o início da guerra em 1992, as pessoas mais acostumadas de verem um ao outro através da mira de um fuzil, foram convergidos para a capital, para ouvir música juntos. Foi um lembrete da pré-guerra de Sarajevo, lar de algumas das melhores bandas de rock da velha Iugoslávia".
Sacirbey afirmou que ele estava convencido de que o concerto "foi realizado para promover uma sensação de paz, normalidade e reconciliação em Sarajevo, e não para arrecadar dinheiro." Ele também expressou seu agradecimento em nome do presidente Alija Izetbegovic, que descreveu o show como "um marco".
Larry Mullen e The Edge disseram que fazer o show de Sarajevo foi o destaque de suas carreiras. Mullen disse: "não há dúvida de que essa é uma experiência que eu nunca vou esquecer para o resto da minha vida. E se eu tivesse que passar 20 anos na banda apenas para fazer este show, eu acho que teria valido a pena".
Bono descreveu como "um das mais difíceis e uma das mais belas noites da minha vida", e comentou sobre o público: "acho que eles queriam, mais do que tudo, um retorno à normalidade. Isso é o que essas pessoas querem, é o que eles merecem".
Ele também especulou que a perda de sua voz havia "permitido espaço para Sarajevo levar o show para longe de nós. Eles podiam ver que as coisas poderiam dar muito errado, eles tinham deixado para trás um monte de problemas para estarem ali, e eles estavam indo só para fazer isso acontecer. E eles fizeram".
Após o término da turnê PopMart, Bono declarou: "foi incrível e confuso descobrir que na maioria da nossa turnê do Pop, alguns dos melhores shows foram em lugares quentes politicamente, como Santiago, Sarajevo, Tel Aviv. Música em qualquer lugar significou mais do que entretenimento".
Após o concerto, o presidente Izetbegovic presenteou Bono com um passaporte bósnio honorário, em reconhecimento dos seus esforços humanitários durante a guerra.

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Fotos oficiais dos shows do U2 no Brasil pela turnê 360º

GALERIA DE FOTOS DO SITE U2.COM, TRAZENDO REGISTROS FOTOGRÁFICOS DAS 3 APRESENTAÇÕES DO U2 EM SÃO PAULO EM 2011, PELA TURNÊ 360°








Bono participa de homenagem à Jubileu da Rainha

Em mais um evento comemorativo dos 60 anos do reinado de Elizabeth 2ª, a Rainha da Inglaterra participou na última quarta-feira de uma festa com centenas de nomes famosos das artes britânicas.
Entre os convidados estavam o líder do U2, Bono, o ex-beatle Paul McCartney, as atrizes Judi Dench e Emma Thompson. Participaram até personalidades que, em sua época áurea, desafiavam o establishment, como Roger Daltrey, vocalista da banda The Who, e Jimmy Page, do Led Zeppelin.
A estilista Vivienne Westwood disse que, no passado, achava que a rainha representava a hipocrisia da política britânica. Mas hoje considera a realeza um elemento que ajuda a unir a sociedade britânica.


Veja o vídeo sobre o encontro da rainha com artistas:

Efeitos sonoros em "I Will Follow"

O som de vidro estilhaçando, ouvido entre 2 minutos e 10 segundos e 2 minutos e 16 segundos da canção "I Will Follow" do U2, é de uma garrafa sendo atirada ao chão. Outro som inserido na mixagem final foi de um garfo em um aro de uma bicicleta, colocada de cabeça para baixo.
O som de um "estrondo" ouvido durante a linha "I was on the inside when they pulled the four walls down" (eu estava no interior quando eles puxaram as quatro paredes para baixo), representa essas 4 paredes sendo derrubadas.

Foda-se o passado, um beijo ao futuro: o histórico concerto do U2 em que Brian Eno poderia ter substituído Bono no vocal

O setlist do U2 em Sarajevo foi semelhante ao da maioria dos shows da turnê PopMart, mas com "Sunday Bloody Sunday" cantada por The Edge no lugar de seu tradicional momento karaoke, e a adição de "Miss Sarajevo" no segundo bis. A noite foi uma celebração do fim da guerra, com Bono dando o tom ao gritar "Viva Sarajevo! Foda-se o passado, um beijo ao futuro!" no início de "Even Better Than The Real Thing".
Bono havia lutado com sua voz em toda a turnê, e na manhã do concerto ele acordou praticamente sem voz. Não houve intenção do cancelamento, e o show seguiu em frente como planejado. Bono teve poucas dificuldades nas quatro canções iniciais: a abertura com "Mofo", "I Will Follow", "Gone" e "Even Better Than The Real Thing", mas sua voz começou à falhar durante "Last Night On Earth".
Em 2006, The Edge sugeriu que os problemas vocais de Bono foi causado por laringite ou o estresse dos últimos meses de turnê, embora mais tarde ele observou que "eu realmente não me importei que o nosso vocalista estava tendo problemas no espetáculo, porque cada membro do público pareceu se juntar à nós a cada música. Houve um coro uníssono em cada concerto."
Em vários pontos durante "Until The End Of The World" e "New Year's Day", Bono fez um gesto para o público ajudá-lo com os vocais, e na oitava música da noite, "Pride (In the Name of Love)", ele foi obrigado à declamar as letras, pois não conseguiu cantá-la.

A banda continuou com o seu setlist padrão tocando "I Still Haven't Found What I'm Looking For", "Stand By Me", "All I Want Is You" e "Staring At The Sun".
O U2 considerou tocar "Desire" após "All I Want Is You", mas pelo teor da letra, optaram por não executarem a canção.
The Edge, então, tocou pela primeira vez uma versão inédita (até aquele momento na turnê) solo de "Sunday Bloody Sunday". A performance foi mais lenta, mais silenciosa e muito diferente da versão de estúdio, em que a bateria militar ditava o ritmo.
Durante a canção, Bono foi ao camarim para tomar injeções de cortisona, que ajudaram à melhorar a sua voz por um curto período de tempo no show.
Brian Eno estava preparado para subir ao palco para substituir Bono se ele não pudesse continuar, ou para cantar com ele, mas sendo ele a primeira voz. 
Bono finalmente voltou ao palco sozinho para a próxima música, "Bullet The Blue Sky", e a banda continuou com performances de "Please" e "Where The Streets Have No Name", que concluiram a primeira parte do show.

No interlúdio antes do primeiro bis, o U2 teve uma discussão, preocupados com a introdução de "Miss Sarajevo" no set.
A canção só tinha sido tocada uma única vez anteriormente, em um concerto beneficente em 1995, com Bono, The Edge, Eno e Pavarotti. Eles voltaram ao palco e tocaram "Discothèque", "If You Wear That Velvet Dress", "With Or Without You" e uma versão improvisada de "Miss Sarajevo". Pavarotti não estava presente no concerto para cantar sua parte de tenor, e assim um gramofone antigo foi trazido para o palco para substituir sua performance e espalhar sua voz. Eno entrou no palco para fazer backing vocals, e Bono convidou Inela Nogic para estar no palco durante o refrão.

Durante a canção, o telão mostrou imagens do documentário de Bill Carter, 'Miss Sarajevo', incluindo imagens das meninas que participam do concurso de beleza e a faixa com os dizeres "Por favor, não deixe que eles nos matem".
Bono pediu desculpas pelo desempenho petrificado no final da canção, dizendo "Sarajevo, esta canção foi escrita para você. Espero que gostem, porque não podemos transar com ela tocando".
O concerto continuou e o segundo encore trouxe "Hold Me, Thrill Me, Kiss Me, Kill Me", "Mysterious Ways", "One", e uma performance curta de "Unchained Melody".

Depois que a banda foi saindo para fora do palco, em um movimento descrito pelo NME como 'o mais significativo do concerto', o público encarou as tropas no estádio e tomaram o estádio com aplausos espontâneos, que rapidamente se transformou em um ato ovacionado -um ato que até os soldados se renderam e participaram.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Áudio de um trecho da versão inédita de estúdio de "North Star" do U2

Ouça um trecho de 2 minutos da versão original de estúdio de "North Star" do U2 que apareceu no filme 'Transformers: Dark Of The Moon' e foi produzida por RedOne. Ela permanece não lançada oficialmente, e é uma das canções mais aguardadas pelos fãs da banda:

Ensaio completo do U2 para o show da turnê 360° em Anaheim em 2011

Ouça um ensaio completo do U2 para a apresentação em Anaheim em 2011, no Angel Stadium, pela turnê 360°. O curioso é que a banda faz duas jam sessions com canções desconhecidas, que podem ser canções novas do U2 que a banda estava trabalhando naquele momento! 
A gravação é estéreo:



U2 - 2011-06-17 - Anaheim, California - Angel Stadium


01 - #
02 - Unknown Song Jam
03 - Magnificent
04 - Band talking
05 - Magnificent - 2nd test
06 - Magnificent - 3rd test
07 - Edge talking
08 - Ultraviolet
09 - Edge talking instruments testing
10 - Ultraviolet - 2nd test
11 - Band talking
12 - Unknown Song Jam - 2nd test
13 - The Fly
14 - Band and Terry Talking instruments testing
15 - Even Better than the Real Thing
16 - Band and Terry Talking instruments testing


Edge's Monitor Recording Stereo Scanner
Recording position: Outside The Stadium

Antes do U2 subir ao palco: Popmart em Sarajevo, 1997

O concerto do U2 em Sarajevo foi realizado em 23 de Setembro de 1997, e cerca de 45.000 pessoas compareceram. Foi transmitido na Bósnia por redes de televisão locais, bem como globalmente pela BBC. Durante o evento, 10.000 soldados ficaram no lado esquerdo do estádio para garantir que não houvessem conflitos acontecendo.
Na hora do show, foi tomada uma decisão de abrir os portões do estádio para todos, permitindo que cerca de 10.000 fãs que não podiam pagar pelo ingresso ou que não tinham comprado bilhetes à tempo de assistir a apresentação, pudessem prestigiar o histórico evento.
Além dos moradores locais e estrangeiros, 6.000 soldados de folga da SFOR participaram do evento, uniformizados. Inela Nogic (a Miss Sarajevo) assistiu ao concerto e chegou em uma limusine com a banda.
O show foi transmitido ao vivo internacionalmente no rádio, e todos os lucros provenientes das vendas de propaganda na rádio foram doados para o projeto War Child.
Três bandas de abertura tocaram antes do U2, começando com o coral Gazi Huzrev-Beg, um coro islâmico de uma escola secundária local. Seu desempenho foi seguido por duas bandas locais, Protest e Sikter, um dos quais foi escolhido pessoalmente por Sacirbey, e outro que foi selecionado através de um concurso de rádio.
Após estas bandas de apoio, o músico Howie B realizou um set como DJ, antes do U2 subir ao palco.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Prováveis títulos de 3 novas músicas do U2

O site U2BR atualizou as informações sobre os trechos das novas canções do U2 que apareceram na internet, e ao que parece, as canções foram registradas mesmo nos estúdios de Hanover Quay (HQ), em Dublin, na data de 13 de fevereiro de 2012, sendo retiradas de um provável "Disco 3".
A pessoa que disponibilizou os arquivos ainda postou um comentário bem revelador. Leia a íntegra traduzida pelo U2BR:
"Eles atualmente têm cerca de 25 títulos em andamento e os favoritos do Bono atualmente são 'Last Night She Talked To Angels', 'Haunted (Instrumental)' e 'Birthday Kaleidoscope'. Eu tenho o disco demo em casa, ele soa legal. Edge está arrasando de novo. Postarei esboços mais tarde."

Trechos de duas canções inéditas do U2 aparecem na internet

O site www.u2br.com, via U2 Chile e U2 MX, divulgou dois fragmentos de prováveis novas canções do U2!
Ainda não se sabe como apareceram estas gravações, onde foram registradas ou de que projeto elas pertencem. Recentemente, a banda foi vista trabalhando nos estúdios de Hanover Quay, em Dublin.
Estes fragmentos já estão sendo considerados os novos Beach Clips. Parecem ser uma extensão do material de 'No Line On The Horizon', o que levaria à hipótese de ser algo do anunciado anteriormente como antecessor deste álbum, o aguardado 'Songs Of Ascent'.
A voz de Bono nos trechos é bem nítida, e não existe qualquer dúvida de que seja ele cantando! Confira:


Bono homenageia Steve Jobs no "Oscar da Internet"

Políticos como o presidente americano, Barack Obama, o ex-presidente Bill Clinton e celebridades como o cantor Bono e o cineasta George Lucas prestaram um tributo ao co-fundador da Apple, Steve Jobs, durante a entrega do Webby Awards, considerado o "Oscar da Internet". Em vídeo exibido durante a cerimônia na noite de segunda-feira em Nova York, grandes nomes se revezaram para agradecer em apenas cinco palavras - como é tradição no prêmio - o legado do executivo.
No vídeo, Steve Jobs recebeu reconhecimento "por nos fazer amar a Apple", "por uma internet de mão", "por ainda mudar o mundo" e "pelas 43 invenções patenteadas". Obama agradeceu ainda Jobs por "pensar diferente" e encerrou a homenagem dizendo que precisaria de apenas uma palavra para descrevê-lo: extraordinário".
O ator e humorista Patton Oswalt apresentou o prêmio, que teve entre os ganhadores a cantora islandesa Bjork e o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg. O prêmio é dado pela Academia Internacional de Artes e Ciências Digitais desde 1996, e tem como principal característica os agradecimentos de no máximo cinco palavras. Os vencedores foram conhecidos no começo de maio.
O Facebook, que acaba de abrir seu capital na bolsa de valores, levou um prêmio especial por possibilitar uma mudança social valorizando "o papel que a internet desempenha para tornar possível e acomodar o desenvolvimento político e social".



Do site: www.terra.com.br
Video: www.u2br.com

Versão de Engenheiros do Hawaii para "One" do U2 foi registrada em show na Praça da Apoteose em 2001

Informações definitivas sobre a versão do Engenheiros do Hawaii para "One" do U2:
Em 22 de julho de 2001, em comemoração ao Dia Mundial do Rock, aconteceu um festival com 8 artistas, na Praça da Apoteose, no Rio de Janeiro.
O Engenheiros do Hawaii foi um destes artistas, e tocaram esta versão mais rock de "One" do U2.
O show teve transmissão de uma rádio no Rio de Janeiro, e logo após Humberto Gessinger deu uma entrevista sobre a apresentação.
O áudio da canção foi disponibilizado no You Tube por um fã do Engenheiros que gravou o show em uma Fita K7 na época!
Gessinger, em bate papo na MTV, foi questionado sobre qual a sensação de poder tocar U2 em um show, e ele respondeu: "nos pediram para tocar um classico na Apoteose. Não sei se "One" já é um clássico, mas foi nossa escolha!"

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Gavin Friday: “Metade da minha coleção do Bowie foi roubada por Bono, que nunca comprava nada”

Nos primeiros anos, David Bowie foi uma influência significante para a banda. “Metade da minha coleção do Bowie foi roubada por Bono, que nunca comprava nada”, Gavin Friday recorda. “Ele pegava e eu os recuperava, destruídos, com geléia sobre eles e todo tipo de merda”. Você pode vê-lo em alguns dos movimentos de Bono no palco. Havia uma autoconsciência teatral, um lado Bowie para a banda em seus dias de pré Boy, que desapareceu por um longo tempo, ressurgindo somente com a Zoo TV. É curioso então que Bono não lembra de ter visto "The Man Who Fell To Earth” de Nicolas Roegs, no qual Bowie fez sua estréia como ator. O filme foi baseado numa novela de Robert Heinlein ; Heilein também escreveu Stranger In A Strange Land, a qual Bono deu o título para uma das letras mais efetivas de October. Turnê era um tempo para leitura. Livros eram devorados nos ônibus da tour e em quartos de hotel. Algumas imagens, títulos. A experiência podia também prover seus próprios momentos de inspiração. “Você tem que lembrar que a única viagem que nós fazíamos quando crianças era para Wales naquele camping de férias”, outro amigo recorda.
“Bono costumava ir mais ao País de Gales para ver alguma menina que ele conheceu no acampamento quando tinha dez anos”. “Eu me lembro que nós todos fomos bater na porta dela e ela estava saindo com outro cara e foi algo como ‘Foda-se’. E nós deixamos o camping e era metade do inverno e nós pensamos, ‘Vamos andar pela cidade de cuecas’. E nós tínhamos armas de pressão e fomos todos presos. Eles acharam que nós éramos do IRA ou algo assim. Era uma espécie de uma grande aventura para nós. Nenhum de nós conhecia o mundo. Nós éramos muito protegidos”. 
Então quando o U2 começou a fazer tour, foi uma revelação. Talvez se Bono não tivesse perdido sua pasta de letras, haveria mais postais de um ônibus de tour em October. No caso, ‘Stranger In A Strange Land’ uma exceção, não apenas no seu tema, mas sim na simplicidade confiante em seu estilo lírico.
Nós estávamos indo pra Berlin”, Bono relembra. ”Nós estávamos todos na parte de trás da van em nossos sacos de dormir e nós tínhamos que viajar através do corredor entre a Alemanha Oriental e Berlin Ocidental. E nós fomos parados por um guarda de fronteira. A música era apenas um pequeno retrato dele, em seu uniforme e sua vida era muito triste e ele estava vendo esses caras de uma banda de rock passando por ele. Eu tive um sentimento de que ele percebeu o quanto tínhamos em comum, e ainda que tudo acabou muito depressa”.
A canção tinha uma qualidade que era relativamente rara no October, empatia: “Nós pedimos para ele sorrir para a foto/Nós esperamos por ali para ver se poderíamos fazê-lo rir/O soldado pediu um cigarro/Sua face risonha eu não pude esquecer.” Claramente, ela foi escrita ao invés de improvisada. ”É uma letra muito boa”, Bono diz, olhando a canção sob um novo prisma. “Não há muitas como essa. É concisa, simples, bem executada. Que não feita na hora. “Tem sido especulado que o soldado poderia facilmente ter sido um squaddie do exército britânico na Irlanda do Norte, mas é mais que uma tendência.

Agradecimento: Rosa - Achtung Zoo

Engenheiros Do Hawaii tocando "One" do U2

Registro raro da banda Engenheiros Do Hawaii (ou Humberto Gessinger e uma banda de apoio) tocando uma versão bem rock de "One" do U2. Parece ser uma demo de estúdio, mas também pode ser um registro ao vivo ou uma jam session. A qualidade do áudio não é muito boa, mas é muito interessante!

Tudo sobre os preparativos para o histórico concerto do U2 em Sarajevo no ano de 1997 pela Popmart Tour - Parte02

Centenas de membros da comunidade internacional "Força de Estabilização" (SFOR) foram incumbidos de defender o Acordo de Dayton para o concerto do U2. A banda ficou impressionada com o que viam ao redor ao chegarem. Durante a guerra, o Koševo Stadium foi usado como necrotério, e cemitérios estavam presentes em todos os lados. 
Embora o local tivesse escapado do grande bombardeio, o estádio vizinho Olympic Hall Zetra havia sido danificado durante a guerra. 
Apesar de sua condição, o U2 usou o edifício para seus camarins e escritórios. Após o concerto, foi utilizado para oferecer hospedagem para 3.000 fãs. O hotel da banda ali perto, o Holiday Inn, tinha sido bombardeado durante o cerco, e parte do edifício tinha sido destruído como resultado. 
A argamassa das paredes no quarto de Larry Mullen foram perfuradas com estilhaços, e vários pedaços do piso estavam faltando. Antes do show, Sacirbey acompanhou Larry Mullen em uma excursão pela cidade, mostrando-lhe as Rosas de Sarajevo incorporadas nas ruas.
No dia do concerto, os trens funcionaram em Sarajevo pela primeira vez desde o início da guerra. Duas linhas foram abertas: uma de Mostar para Sarajevo e outra da Maglaj à Sarajevo. Embora as estradas de ferro tivessem funcionando para a duração da guerra, os políticos muçulmanos e croatas não conseguiram decidir quem iria operá-las. Como resultado, os trens só funcionaram na data do concerto para trazer os fãs para a cidade, e no dia seguinte para levá-los para casa novamente. Os requisitos do visto foram temporariamente suspensos.
Foi feito um esforço para incluir todos os grupos étnicos do país no concerto. Cerca de 500 fãs cruzaram as linhas da fronteira étnica entre sérvios da República da Bósnia e a Federação muçulmano-croata. Pessoas de várias das outras repúblicas da Iugoslávia foram à Sarajevo para o concerto, com automóveis que transportavam os fãs de Zagreb, na Croácia e Ljubljana, na Eslovénia.
A segurança em torno do evento foi rigorosa. Soldados da SFOR procurou bombas com cães farejadores, e os edifícios ao redor do estádio estavam cheios de tropas irlandesas a atiradores, caso a violência estourasse.

Blog U2 Sombras e Árvores Altas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...